Um espaço para compartilhar ideias, momentos, informações, carinhos e emoções!!


sexta-feira, 24 de fevereiro de 2017

BC Uma imagem - 140 caracteres: Enfim, a liberdade, ou não.

Uma bela imagem, já tinha admirado semana passada quando no Momento reflexão, tive a mesma impressão de agora. 
Quantas vezes pensamos em nos despir das nossas amarras sociais, familiares, religiosas, enfim coisas que nos impedem de dizer ou fazer algo porque não é correto, porque pode magoar alguém ou ainda pode ser "pecado" e nos levar a "arder no fogo do inferno". Confesso que esse pensamento me ocorre muitas vezes. Pensando nisto, minha participação ficou assim:

 Tirei as amarras que me prendiam, soltei o pássaro engaiolado, dei e busquei a liberdade, convenções,gaiolas, nunca mais. Doravante, livre!

A segunda imagem proposta pela Silvana é apropriadíssima para o momento. Porque é carnaval?
 Nãããooo! Porque é assim que estou me sentindo em relação ao momento"carnaval" da política brasileira.



Somos cidadãos brasileiros, vestidos de palhaços, equilibrando-nos à espera do próximo trio elétrico,  próximo bloco da “república Brasil”.


Vamos ao blog da SILVANA e ver as demais interpretações da imagem? Clica no nome dela e confere.

9 comentários:

  1. Tiveste a mesma inspiração que eu, rs...Somos mesmo palhaços na mão dessa tropa e tudo mais,não é? Até quando? bjs, chica

    ResponderExcluir
  2. Boa tarde Sonia,
    Muito oportuna a sua leitura da imagem.
    Excelente participação.
    Beijinhos e bom fim de semana.
    Ailime

    ResponderExcluir
  3. Perfeitas e oportunas interpretações. Amei.

    ResponderExcluir
  4. Boa Tarde, querida Sonia!
    Nós somos mesmo palhaços... ainda riem da gente com toda razão...
    Bjm muito fraterno

    ResponderExcluir
  5. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderExcluir
  6. Pois é! Um bloco com milhões de foliões se mexendo sem sair do lugar. A política está um carnaval e os políticos ditam os passinhos, marchinhas e fantasias que devemos usar. O povo gosta e continua perpetuando a tradição. Uma pena... bjs

    ResponderExcluir
  7. Olá Sonia duas belas participações sendo a primeira uma das mais dolorosas formas de vida que experimentamos presos às regras, modelos e esteriótipos, que nos tolhem os direitos.Muito boa sua inspiração Sonia e não tem como não vermos com os palhaços da Republica Brasilis e temo que durante os festejos momescos eles estejam a tramarem mais uma medida contra o povo, que é o que eles mais sabem.
    Um abração com carinho e bom feriadão para voce.
    Com paz e alegria sejam seus dias.

    ResponderExcluir
  8. Sonia:
    Sua leitura da primeira imagem, foi PERFEITA.
    Somente quando somos capazes de seguir nossos ideai, sem as amarras das padronizações, podemos ser livres.
    Quanto a segunda, é triste, mas tenho que concordar com você.
    Enquanto o povo "samba" os políticos distribuem migalhas.
    É o famoso, pão e circo, que se perpetua infinitamente...
    Bjokas.:
    Sil

    ResponderExcluir
  9. Participações inteligentes e sinceras, Sonia...
    Uma boa 5a feira... Abçs

    ResponderExcluir