Um espaço para compartilhar ideias, momentos, informações, carinhos e emoções!!


terça-feira, 17 de outubro de 2017

BC RAIO X - um pouco mais de mim.



As perguntas da BC Raio X da semana possibilitam que contemos um pouco mais a nosso respeito. Vamos ver quantos participantes tem coisas em comum conosco? Depois de ler a minha participação vamos conferir as demais e verificar se há coincidências? Basta clicar AQUI.


-O que lhe ajuda dormir melhor? Conhece a insônia?

Um dia de atividades intensas me faz dormir sem problema, mas tenho um hábito que adquiri não faz muito tempo, tenho um joguinho – Booble shuter – que jogo antes de dormir e logo após pego meu tercinho e rezo pelos meus familiares e amigos. Feito isso, entrego-me aos braços do Morfeu. Na grande maioria das vezes, dá certo e só acordo no dia seguinte muitas vezes na mesma posição em que adormeci. Como se diz por aqui: sou boa de cama: deito e durmo! kkkk


2- Você está na rua e e vem na sua direção alguém que detesta. Você encara, desvia o olhar, nem liga ou faz alguma coisa?

Se é alguém que detesto, acontece com todo mundo, faço de conta que não vi e sigo meu caminho.



3- Se pudesse voltar no tempo, mudaria alguma coisa?

Há, sim, algumas coisas que faria diferente profissionalmente: optei por me dedicar à família e ao magistério quando poderia ter conciliado ambos e procurado especializar-me. Em relação aos filhos poderia ter exigido mais deles em relação à preparação para o futuro profissional, principalmente dos meninos.

segunda-feira, 16 de outubro de 2017

BC Uma imagem - 140 caracteres: criança feliz.



 “Criança Feliz
Feliz a Cantar
Alegre a Embalar
Teu Sonho Infantil
Oh Meu Bom Jesus
Que a Todos Conduz
Olhai as Crianças do Nosso Brasil!(bis)...”

Lembram da canção? Era cantada por Francisco Alves e depois foi gravada pelo Balão Mágico. Mais do que nunca precisamos que o Bom Jesus olhe pelas nossas crianças. A imagem retrata um momento muito bonito em que crianças brincam ao ar livre, desligadas dos seus smartphones, tablets e outros que tais, por isso minha participação ficou assim:

Como é bom ver crianças sorridentes, brincando junto à natureza e numa imagem que contempla a todos sem distinção alguma!

Atrasadinha por isso mesmo vou correndo no DEVANEIOS levar meu link e conferir os demais. Vem comigo!

sexta-feira, 13 de outubro de 2017

BC Sementes da Chica: festejar.



Chica, tai uma palavra cujo significado aos poucos vai se tornando de difícil execução. Senão vejamos: a infância sendo substituída por brinquedos eletrônicos e por uma sexualização precoce; os jovens entregues às drogas e sem um mínimo de discernimento entre o certo e o errado; entre os adultos vemos também algumas distorções como a não aceitação da idade e dos seus sinais como algo natural e irreversível.
E se falarmos em profissões? Falar em uma só delas já é suficiente - a de professores. Desprestigiados não só em relação ao salário, mas em relação ao reconhecimento da sua importância como formadores de cidadãos. Muitos motivos há para não festejarmos, mas vou tentar traduzir isso tudo em uma frase com 7 palavras:

Festejar é, sobretudo, não perder a esperança.

E é com esperança que festejo e parabenizo todos os professores no dia a eles dedicado.
Vamos ver as demais participações? Basta clicar AQUI, ó.


Coisas da EA 2017

Dinâmica na aula de Psicologia - 11/10/2017

Vou registrar mais uma atividade da EA desenvolvida na disciplina de Psicologia com a Profª Amanda Dihl. 
Na última quarta-feira, em virtude da chuvarada que caía sobre Santa Maria, éramos um pouco mais do que 15 alunas entre as duas turmas. O pequeno número não impediu que as professoras de Psicologia e Processos Criativos dessem suas aulas, como excelentes e dedicadas professoras que são. Reunidas as turmas, tratou-se um pouco sobre a liberdade de expressão em sala de aula e o não julgamento das ideias colocadas. 
Num segundo momento, Profª Amanda escolheu três alunas para ocuparem as classes já dispostas à frente da turma. Usando vendas coloridas cobriu-lhes os olhos e solicitou à turma que se mantivesse em silêncio, sem comentar sobre o que estaria acontecendo. A seguir, entregou por um instante, para as colegas vendadas, uma sacolinha de presente. Silêncio absoluto. Logo após, passou um creme nas mãos de cada uma delas. Silêncio total. Ato contínuo contornou as 3 classes e abraçou-as, uma a uma, longamente. A emoção foi tomando conta da turma que, obediente, manteve-se no mais puro silêncio.
Retiradas as vendas, Profª Amanda  solicitou que cada uma falasse sobre o que sentiu nos três momentos. Foram unânimes em dizer que foi um momento instigante que foi se transformando em uma sensação de conforto e tranquilidade confirmando o que a expressão da fisionomia delas passou para a turma. 
Trabalhamos então a questão da nossa visão sobre nós mesmos, da importância do abraço, do toque e da dificuldade que algumas pessoas tem em se deixar abraçar e amar. 
Depois deste momento de reflexão que encantou a todos, assumiu as turmas a Profª Cirlene, de Processos Criativos que trouxe uma excelente ideia de atividade a ser desenvolvida no Café Literário 2017, fazendo jus ao nome da disciplina . Não posso revelar qual atividade porque será uma surpresa para todos mas posso garantir que desde a idealização até a apresentação passaremos por momentos mágicos e de muita alegria e descontração. 
Quem viver, verá!! kkkk
P.S. Já contei pra vocês que nossos professores criaram um grupo no WhatsApp só para programarem nossas aulas?
Como não admirá-los, agradecer-lhes e parabenizá-los pelo DIA DO PROFESSOR que ocorre merecidamente amanhã? Deus os abençoe, hoje e sempre!


quinta-feira, 12 de outubro de 2017

Uma atividade da Escola para Adultos: Há uma criança em mim.



 Os professores da Escola para Adultos/FAMES, neste semestre, tem se superado nas atividades propostas aos alunos. Já postei aqui anteriormente sobre a atividade realizada pelas disciplinas de Psicologia e Processos criativos com a contadora de histórias. Na última quarta-feira foi a vez das disciplinas de Espanhol, Psicologia e Processos criativos unirem-se para proporcionar um encontro entre gerações - crianças do Colégio Centenário (pertencente ao Instituto Metodista Centenário)  juntamente com os alunos da EA trocaram experiências lendo textos de suas autorias em homenagem ao Dia da Criança e assistiram a projeção de algumas  fotos de nossa infância . 
Assim como fiz empenho em participar da BC Raio - X da última terça,uma vez que estava fora de Santa Maria, também me empenhei em mandar um texto sobre a criança que ainda há em mim para ser lido juntamente com os demais na atividade da EA.
A minha participação ficou assim:



Há uma criança em mim.
     

 Crianças são puras,são ingênuas,são crédulas. Acreditam que o tempo não passa e que tudo que as rodeia ali está para seu deleite, seu prazer. Creem também que seu pai e sua mãe são infalíveis, que são eternos e que estarão sempre por perto e para o colo de quem correrão sempre que necessário. Crianças brincam, brincam de tudo, brincam de adultos, mal imaginando que um dia o serão.
Assim fui eu. Acreditei que minha infância era para sempre, acreditei que minhas bonecas nunca passariam de bonecas com as quais brincava de mamãe e filhinha.
Acreditei que meus pais, irmãos, amigos estariam sempre ao meu lado para partilharem das minhas brincadeiras ou para me protegerem.
Cresci, dei todos os passos para me tornar adulta e, aqui estou atravessando a maturidade num envelhecer rico no qual reconheço a criança simples, alegre, crédula, determinada, com uma imensa vontade de aproximar pessoas e com elas viver um mundo melhor.

Com o meu texto quero homenagear a todas as crianças e, principalmente, as crianças de Janaúba/MG.



quarta-feira, 11 de outubro de 2017

BC RAIO X: Lições de vida.



As perguntas da BC RAIO – X da semana leva em conta nossa maneira de pensar a vida. Mais uma oportunidade para mostrarmos um pouco mais de nós mesmos e levar o link para o TONINHO.

Quais as lições mais importante que a vida lhe ensinou?
Aprendi que:
 - a pressa não leva a nada,
 - com calma se resolve quase tudo,
 - de todas as dificuldades podemos tirar lições,
 - a coisa mais importante na vida é a família,
 - com fé alcançamos tudo que Deus nos reserva.





  Complete: A vida é bela quando se tem...

Família, amigos e saúde. A vida é bela quando temos olhos de ver e não só de olhar, quando aprendemos a valorizar as pequenas coisas, as pequenas ações, quando aprendemos a viver um dia de cada vez.
.



   O que te faz se sentir melhor quando de mau humor?

O mau humor não é algo freqüente em mim, mas quando, por uma eventualidade isto ocorre, respiro fundo 3 vezes e entre uma respiração profunda e outra penso se vale a pena manter o mau humor.O mau humor não dura até a última respiração profunda.