Um espaço para compartilhar ideias, momentos, informações, carinhos e emoções!!


sábado, 24 de setembro de 2016

BC Uma palavra- uma frase: combinado

Sempre que vejo a palavra que a Chica propõe para a BC procuro ver como ela está formada e, desta vez, depois de analisar a palavra “combinado” achei graça da minha imaginação e resolvi que seria essa a minha frase, não sem antes pedir perdão a Chica pela brincadeira:

Nós vamos de “combi” ou a “nado”?

Passem lá no blog da CHICA para ver outras participações com mais fundamento que a minha.             


sexta-feira, 23 de setembro de 2016

Crespos, curtos e brancos.

Lendo o blog da Ana Vi, Filha de José, me identifiquei com os comentários que fez em relação ao seu cabelo. 
Assim como ela, sou crespa, e por muitos anos lutei contra meus cachos - na minha juventude, é claro. Optei por assumir minha cabeleira crespa cuidando de hidratá-la e mantê-la no corte para que se mantivesse comportada.
Ao saber que deveria passar por uma cirurgia e posteriormente pelo tratamento quimioterápico, decidi cortar meus cachos e optar por um corte de fácil manutenção, cortei meu cabelo curto, me senti confortável com o novo visual.
Não cheguei a perder cabelo pois o tratamento não foi agressivo. Ainda havia uma coisa que me incomodava: a manutenção da cor, os cabelos brancos já estavam aparecendo, e dá-lhe retoque de raiz a cada 15 dias. A cada retoque de raiz eram duas horas, no mínimo, esperando que a cor "pegasse", até que um belo dia resolvi: chega de perder tempo e me expor aos produtos com chumbo, amônia e outros que tais.
Minha mãe tinha um ditado que usava sempre: " quem gosta de mim sou eu mesma" pensando assim, decidi: chega.
Hoje mantenho meus cabelos curtos e sem química, estou branqueando devagar , da frente para trás e ansiosa para que fique totalmente branco. 
As críticas que anteriormente recebia transformaram-se em elogios pela coragem de assumir meus cabelos brancos.
Assim como a Ana do blog Filha de José, respeito opiniões contrárias pois afinal das contas cada um sabe de si, não é?

BC Uma imagem - 140 caracteres: Na mansidão das águas.

Que paz transmite essa imagem! 
Embora não seja muito afeita a entardeceres, eles me entristecem um pouco, reconheço que vez ou outra temos a necessidade de encontrar um lugar tranquilo, isolado para uma boa reflexão ou apenas para não fazer nada.
A minha participação na BC ficou assim:


Águas mansas, entardecer silencioso é do que preciso para mergulhar no meu interior e encontrar o verdadeiro valor das coisas que me cercam.


Vamos ver as demais participações? Cliquem AQUI,Ó.


quinta-feira, 22 de setembro de 2016

BC Uma imagem-140 caracteres: contentar-se em contemplar.

Estou atrasadíssima com a imagem de sexta-feira passada. Estive em Chapecó em visita à filha e aproveitando para fazer uns reparos na "cremalheira", coisa pouca mas necessária. Vamos ao que interessa, a postagem. A imagem é difícil mas achei uma saída um pouco triste mas, enfim, foi o que me ocorreu.




Sonho de um menino, andar numa roda gigante, sem condições de pagar o ingresso do parque  contentou-se em contemplá-la do cemitério vizinho.


 Acredito que todos já devem ter postado e direcionado os seguidores para o blog da SILVANA de qualquer maneira quem ainda não o fez e desejar fazê-lo basta clicar no nome dela e voilá!









sábado, 17 de setembro de 2016

BC Sementes diárias: uma palavra - uma frase: Serenidade.

 Por toda a vida buscamos de uma forma ou de outra encontrar a serenidade. É uma busca incessante e, no mais das vezes, quando a encontramos nem sempre nos damos conta de que a alcançamos. Ser sereno, ser tranquilo requer que tenhamos espiritualmente, materialmente, afetivamente um equilíbrio que nos faz dar o devido valor às pessoas, às coisas, aos momentos. Em sendo assim, eis minha participação:


 Em busca da serenidade, por onde andará?
Qual será a ideia dos demais participantes da BC? Vamos dar uma passadinha no blog da CHICA
e conferir?



sábado, 10 de setembro de 2016

BC Sementes diárias: uma palavra, uma frase: mais lembranças.



Ovos me fazem lembrar galinha, receita, ovo frito, ovo cozido, ovo poché, omelete, os ovos de glacê que minha mãe fazia por ocasião da Páscoa. E me fizeram lembrar de um apelido que ganhei no colégio quando eu estava no Jardim de Infância ( nossa, lá se vão 64 anos kkkk). Minha mãe sempre foi muito cuidadosa em relação a nossa alimentação, nossa merenda escolar era sempre algo nutritivo, nada de guloseimas. Certo dia, não tendo outra coisa para colocar na merenda, cozinhou um ovo de pata para eu levar de merenda – tínhamos criação em casa – levei o ovo cozido com casca para que não se desmanchasse na lancheira. Na hora da merenda, abri a lancheira e comecei a descascar o ovo e, é claro, a turma começou a gozação. Daí por diante passei a ser chamada de patinha, kkkk. Já se fazia bulling na minha época.
Em função desta minha lembrança, minha frase de sete palavras ficou assim:

Os ovos de pata têm casca azul. 

Lá no blog da CHICA há outras frases interessantes, com certeza, passem lá!

sexta-feira, 9 de setembro de 2016

BC Uma imagem - 140 caracteres: Um Brasil mais justo.

Muito oportuna a imagem da semana escolhida para a BC desta sexta-feira. E porque estamos atravessando uma crise política que esperamos seja passageira, minha participação foi a seguinte:


De mãos dadas, brasileiros e brasileiras de todos os recantos, de todas as crenças, e de todas as etnias construiremos um Brasil mais justo.

Minha participação não lembra um discurso de candidato a cargo eletivo? kkkkk
Clicando no nome da SILVANA poderemos ver qual foi a ideia dos demais  participantes da BC de hoje.