Um espaço para compartilhar ideias, momentos, informações, carinhos e emoções!!


quinta-feira, 21 de março de 2019

BC Sementes diárias: Caras de pau.

Impossivel não lembrar de Águas de março de João Gilberto e, também, do óleo de peroba. Este último muito deve estar sendo consumido pelos caras de pau de plantão.
A peroba é uma árvore alta de 20 a 40m quando adulta com troco de 40 a 80cm de diâmetro. Muito utilizada para o fabrico de móveis e também em assoalhos. Enfim, vamos à frase de hoje.

Vai faltar óleo de peroba, consumo desenfreado.

Vamos ver as demais participações clicando AQUI.

sexta-feira, 15 de março de 2019

BC Uma imagem - 140 caracteres: a fluidez do tempo.




 Bah! As coisas se tornam um pouco mais complicadas quando vemos imagens em movimento, mas vamos ver se consigo  pensar em algo significativo.
As imagens se sucedem e representam dia e noite, talvez seja um mesmo lugar em ângulos diferentes, talvez não. De qualquer maneira, passa a idéia do tempo e de sua fluidez.
. Então vejamos:

Os dias e as noites se sucedem numa rotina assustadora demonstrando que o tempo flui independente dos nossos desejos e dos nossos objetivos.

Vamos ver as demais participações? Basta clicar AQUI.


quinta-feira, 14 de março de 2019

BC Sementes diárias: a palavra é cimento.



. A minha participação em relação à palavra sugerida pela Chica tem muito a ver com o momento que o Brasil vive. Temos um déficit em educação em todos os sentidos que se mostra cada vez mais assustador. Nossa geração teve muito pouco “cimento” para que se tornasse uma geração de cidadãos conscientes da sua participação e responsabilidade em relação ao ambiente, à família, aos bons costumes, à honestidade enfim a tudo aquilo que vemos agora soçobrar dia após dia, vide Brumadinho, corrupção, assassinato de lideranças de qualquer ordem , imoralidades, pouca valia da vida e por aí vai.
Então digo assim:

Educação cimento para formação de uma sociedade.

Vamos ver as demais participações? Basta clicar AQUI.

.


Volta às aulas da Escola para Adultos da Faculdade Metodista Centenário.



Há algum tempo não comento sobre os acontecimentos da Escola para Adultos por julgar repetitivo, ou por ter se tornado tão corriqueiro para mim após 21 anos de permanência, ou por imaginar que não seria do interesse de quem me segue. Por alguma razão que não consegui identificar fiquei motivada em dividir o nosso momento reinício de atividades deste primeiro semestre de 2019. 
As fotos são de três momentos que marcaram a volta às aulas. Na primeira delas, está parte do staff :  Eduardo, Pastor Ideifle, Tatiana Trevisan, Cirlene, Amanda, Marcio, Aline e Leonardo respectivamente Professores de Câmbio, Pastoral da Instituição, Coordenadora do Projeto de Extensão Escola para Adultos, Arte e Fotografia, Psicologia e suas narrativas, Arte e cultura na sociedade, Informática e Análises jurídicas. Não puderam comparecer à abertura a Professora Márcia de Espanhol, o Professor Bruno de Temas emergentes e discussões contemporâneas, a Professora Alline de Bem Estar e Qualidade de Vida e a Professora Daniela de Pilates. Como se pode ver temos um Corpo docente altamente qualificado e que, dedicados que são, atendem e superam as nossas expectativas. Somos um grupo privilegiado!
Na segunda foto, o registro da alegria do retorno às aulas, somos, provavelmente, a única turma de alunos que gostaria que não houvessem férias. 
Na terceira foto, o registro do passeio feito ao Parque Witeck no município de Novo Cabrais, próximo a Cachoeira do Sul, no domingo que antecedeu nosso retorno à Escola. Passeio imperdível para quem vem ao Rio Grande . Uma área de 70 ha totalmente arborizada com espaço que contempla exemplares de árvores nativas e alienígenas, lagos e pradarias tudo projetado para garantir o maior e melhor contato com a natureza e que se deve ao interesse e capricho do Dr Acido Witeck que aparece no painel da foto. Maiores informações podem ser obtidas pelo Google, vale a pena conhecer.
Um retorno aguardado ansiosamente e que teve sua ansiedade justificada pelo que se descortina do semestre que vamos vivenciar.



domingo, 10 de março de 2019

BC Uma imagem - 140 caracteres: Um longo caminho.





Muitas vezes me deparo com uma dúvida como sugere a imagem. O que escrever num cartão ou numa carta (são algumas folhas) para homenagear alguém?
Como o Dia Internacional da Mulher transcorreu há pouco tempo poderia ser uma mensagem dedicada a uma mulher em especial.
Particularmente tenho, a cada ano, muita dificuldade em dedicar algumas palavras para celebrar o dia a nós dedicado. São várias conquistas até aqui, mas temos tantas coisas ainda a conquistar que por mais que eu me debruce sobre a idéia ainda sinto dificuldade.
Se a imagem fosse uma foto da minha mesa talvez refletisse exatamente este meu sentimento.

Preparei o buquê, separei folhas, envelope, mulher! Tens caminho  longo para tua total independência. Escreverei quando assim te reconhecer.

Vamos ver as demais participações AQUI, oxalá sejam mais otimistas que a minha.






quinta-feira, 7 de março de 2019

BC Sementes diárias - a palavra é "dengosas".





No ano de 1995 participei do Congresso do ANDES – SN em Brasília. Na ocasião participaram da abertura alguns parlamentares entre os quais Benedita da Silva, concordemos ou não, uma guerreira. Empolgada com o evento e com a possibilidade de ver de perto os parlamentares pedi que me permitisse tirar uma foto ao seu lado e ela desculpou-se dizendo que estava “dengosa” – estava com dengue – depois cedeu. Fiz a foto ao seu lado, de Eduardo Suplicy e de Lauro Campos. 
Hoje em dia, dadas as circunstâncias, não “tietaria” nenhum parlamentar kkkk. Não por acaso, o noticiário informa o aumento dos casos de dengue em São Paulo e Rio de Janeiro.
Quando vi a palavra sugerida lembrei o fato e resolvi contar aqui. 
Vamos à minha participação na BC cujo teor homenageia as mulheres de hoje e de todos os tempos.

Há muito deixamos de ser somente dengosas.

Podemos ver as demais participações clicando AQUI.