Um espaço para compartilhar ideias, momentos, informações, carinhos e emoções!!


terça-feira, 28 de novembro de 2017

BC RAIO - X: um pouco mais sobre mim.



Aiaiai, TONINHO pegou pesado desta vez. Três perguntas simples, mas de difíceis respostas. Mas, vamos lá, sem medo, desnudar um pouco mais da nossa alma.


1-   Dos 7 pecados capitais algum lhe incomoda mais?
Por serem pecados todos deveriam nos incomodar, mas sempre há um que nos deixa mais desassossegados e, é claro dependem do momento em que se vive. Em algum momento da vida cada um deles teve seu lugar na lista dos meus incômodos. Hoje, em função da idade, da aposentadoria tenho que me esforçar muito para não deixar a preguiça tomar conta do meu ser.


2-   Quando ou como Deus se tornou mais do que uma palavra?
Sou de família católica e passei por todos os ritos da Igreja Católica. Nunca fomos assíduos nas cerimônias religiosas. Por formação acadêmica sou professora de Biologia e o Criacionismo foi trabalhado nas salas de aula nas mais diferentes disciplinas do curso. Darwin fez parte da minha idéia de surgimento e evolução das espécies, mas sempre como uma dúvida e nunca como uma certeza. Deus é um ser? É uma energia? É onipresente? É onisciente? Não tenho a resposta, só sei que sinto Sua presença na perfeição de tudo que nos rodeia e é a Ele que recorro nos momentos de angústia e Ele me conforta. Sim, Ele existe!


3- Tem alguma situação que você desejaria não viver?
    As perdas de entes queridos sempre são dolorosas e indesejáveis mas, creio, que perdas catastróficas como as que vivem  famílias em tragédias  como tsunamis, terremotos, acidentes aéreos, incêndios, naufrágios nos quais nem ao menos se recuperam os corpos, com certeza seria algo que não gostaria de viver.

5 comentários:

  1. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá,querida amgia Sonia!
      Nossa! Os acidentes da natureza nem pensar e como sofro ao ver na tele os noticíarios com tantas tragédias. Inclusive, fiz um trabalho na escola normal sobre as mesmas e fiz quase um compêndio pois me chama muito a atenção este tema pela compaixão que sempre me norteou... doi na alma ver tantas perdas pelo mundo afora...
      A preguicinha nossa, aposentadas, vem mesmo mas é bom regir para não passarmos pela vida em nuvens brancas, rs...
      Não é à toa que os teólogos definem Deus assim: Deus é!
      Seja muito feliz e abençoada!
      Bjm de paz e bem
      http://espiritual-marazul.blogspot.com.br/2017/11/sonhos-azulados.html

      Excluir
  2. Adorei tuas respostas e essa preguiça de aposentado não é pecado...é direito!

    Lindo ver falar sobre Deus e essas coisas na terceira resposta, ninguém quer ver...

    Sim.meu nome é REJANE e agradeço o carinho pelo niver...bjs chica

    ResponderExcluir
  3. Boa tarde, Sonia
    Acho que o que sentimos não é bem preguiça mas um certo desânimo.
    Temos todo direito de nos sentir assim. Já trabalhamos muito.
    Sim, com certeza, Deus existe.
    Perdas catastróficas são mesmo muito tristes.
    Deixo um beijinho e o meu carinho de
    Verena e Bichinhos

    ResponderExcluir
  4. Oi Sonia, muito obrigado por postar suas respostas e nos permitir saber um pouco mais de você. Pois é a ira me assusta sim, pelo que vivemos no cotidiano, onde tudo nos convida a revoltar, é uma luta amiga. Mas gostei de suas analises reflexões sobre a existência de um Deus. Creio que todos nós passamos por estas, principalmente quando aprofundamos em estudos. Mas sua conclusão é a que eu tenho hoje, Ele existe e pronto. Sobre as perdas estamos em sintonia amiga, realmente não fomos feitos para as perdas de quem amamos e por mais que nos esforçamos elas vem como uma rasteira.
    Mas vamos alegrar e crer que Deus nos poupará destes incômodos.
    E Que venha um caneco Libertador amanhã.
    Um abração com carinho e admiração.
    Valeu Sonia, muito agradecido.

    ResponderExcluir